Última hora

Última hora

Não há sobreviventes da queda do avião da Air Algérie

Em leitura:

Não há sobreviventes da queda do avião da Air Algérie

Tamanho do texto Aa Aa

Não há sobreviventes da queda do avião da Air Algérie que se despenhou, esta quinta-feira, no norte do Mali, confirmou o presidente francês.

O voo AH 5017 fazia a ligação entre Ouagadougou, a capital do Burkina Faso, e Argel, a capital da Argélia. A bordo iam 116 pessoas, na maioria franceses.

François Hollande anunciou, esta sexta-feira, que “uma caixa negra já foi recuperada e está a ser transportada para Gao, no norte do Mali, de modo a que possa ser examinada, o mais rapidamente possível. O que já se sabe é que os destroços da aeronave estão concentrados num espaço limitado, mas ainda é muito cedo para tirar conclusões”, afirma o presidente francês.

O ministro argelino do interior convocou uma reunião de emergência anunciando a criação de uma comissão de inquérito para apurar as causas do sinistro.

As autoridades francesas iniciaram, também, uma investigação preliminar por homicídio involuntário, pela queda do MD-83, propriedade da companhia espanhola Swiftair, fretado pela Air Algérie.

A queda do avião pode estar relacionada com uma tempestade tropical que, na altura, assolava a região.

As famílias das vítimas continuam à espera de informações.