Última hora

Última hora

Novas Oportunidades de Financiamento

Em leitura:

Novas Oportunidades de Financiamento

Tamanho do texto Aa Aa

Não é fácil para as aspirantes a PME acederem ao financiamento de que necessitam, especialmente no início. Mas existem instrumentos financeiros da UE que podem ser aproveitados.

Lodz, a terceira maior cidade da Polónia. É onde está instalada esta PME especializada em análises químicas, principalmente para a indústria farmacêutica. Há dois anos, os gerentes da empresa perceberam que precisavam de equipamento para serem mais competitivos. Então, decidiram comprar máquinas de análise mais rápidas e com um melhor desempenho. Pediram dois terços dos quase 200 mil € necessários para o investimento. A garantia de empréstimo veio através do Programa Quadro de Competitividade e Inovação da UE ou CIP.

Małgorzata Rajka, gerente da ANALYTICAL R&D explica: “Precisávamos de um empréstimo para comprar o equipamento. O banco pediu-nos uma garantia, então falámos com o contacto responsável do CIP, o instrumento de apoio financeiro da UE. Foi muito fácil e rápido! E foi assim que conseguimos atingir os nossos objetivos com este projeto.”

Graças a esta nova máquina e ao dinamismo da sua liderança, esta PME tornou-se numa das dez melhores microempresas, com melhor desempenho na Polónia em 2012. E ainda está a colher os frutos obtendo bons resultados.

“Temos vindo a trabalhar com as grandes empresas farmacêuticas internacionais, algo que não seria possível sem este equipamento. Para além disso, permitiu-nos, desde o primeiro ano, aumentar o nosso volume de negócios em 112% e recrutar dois novos colegas”, acrescenta Małgorzata Rajka.

Quais as outras ferramentas de apoio financeiro da UE disponíveis para os empresários? E qual a melhor forma de acesso? Vamos descobrir. Nos últimos cinco anos, os instrumentos de financiamento do CIP impulsionaram mais de 300 mil PME. Um novo sistema denominado COSME (Competitividade das Empresas e Pequenas e Médias Empresas) vai continuar este apoio, com um fundo de mais de 25 mil milhões de euros.

Segundo Arkadiusz Lewicki, o contacto polaco para os instrumentos financeiros da UE: “Temos diferentes formas de financiamento:empréstimos, leasing, garantias de empréstimo. Tudo destinado a empresários à procura de financiamento feito à medida, independentemente da fase de desenvolvimento em que se encontrem. Podem sempre encontrar algo que lhes convém”.

Esta ajuda também pode vir na forma de capital de risco. Só depende das necessidades particulares de cada empresário.

“Isto é válido para pequenas, médias e micro empresas, incluindo start-ups. É financiamento à medida para todos os setores desde o artesanato até ao comércio”, diz Arkadiusz Lewicki.

Małgorzata Rajka conclui: “Para mim, a chave do sucesso é reinvestir os nossos lucros em equipamento de laboratório e ter uma equipa forte e unida!”