Última hora

Última hora

Speed: Rosberg fora do pódio na F1 e Ricciardo a triunfar com asas

Em leitura:

Speed: Rosberg fora do pódio na F1 e Ricciardo a triunfar com asas

Tamanho do texto Aa Aa

Um pouco de emoção sabe sempre bem num Mundial de Formula 1 tão monótono quanto o deste ano. Foi o que surgiu este fim de semana na Hungria e que analisámos na edição desta semana de Speed, o magazine “prego a fundo” de desporto motorizado da euronews.

É bem provável que a Hungria tenha testemunhado a corrida mais aberta e interessante até agora de toda a época. Com Nico Rosberg, o líder do Mundial, a apenas falhar o pódio há três semanas quando se viu obrigado a abandonar a corrida em Silverstone, desta vez o alemão não conseguiu mesmo intrometer-se nos três primeiros. No final, com “asas”, Daniel Ricciardo, da Red Bull, voou para a meta e, pela segunda vez, foi quem subiu mais alto no pódio – a primeira havia sido a 8 de junho no Canadá.

Mas também podia ter sido o espanhol Fernando Alonso a celebrar, este domingo. O piloto da Ferrari também “voou” no circuito de Budapeste, mas, nas derradeiras voltas, foi ultrapassado por Ricciardo e acabou por cair para o segundo lugar.

Em terceiro, cortou a meta Lewis Hamilton. Apesar de ter partido das “boxes”, o britânico da Mercedes começa a habituar-nos às grandes recuperações e em Budapeste chegou a intrometer-se na discussão pela vitória. Sem êxito, porém. Hamilton acabou por ficar em terceiro e recuperou mais três pontos ao colega de equipa e líder do Mundial, Nico Rosberg, que terminou em quarto.

Classificação do GP da Hungria:
1. Daniel Ricciardo (Red Bull, Aus), 1h53m05,058seg (25 pontos)
2. Fernando Alonso (Ferrari, Esp), +05,2seg (18)
3. Lewis Hamilton (Mercedes, Bri), +05,8seg (15)
4. Nico Rosberg (Mercedes, Ale), +06,3seg (12)
5. Felipe Massa (Williams, Bra), +29,8seg (10)

O terceiro lugar do britânico valeu-lhe 18 pontos e o quarto deu 15 ao alemão. Na tabela geral, Rosberg viu reduzir-se para 11 pontos a vantagem para o principal concorrente ao título de campeão: Lewis Hamilton. No terceiro, posto, Ricciardo dilatou para 16 pontos a vantagem sobre Alonso, o quarto da geral.

Mundial de Pilotos:
1. Nico Rosberg (Mercedes, Ale), 202 pontos
2. Lewis Hamilton (Mercedes, Bri), 191
3. Daniel Ricciardo (Red Bull, Aus), 131
4. Fernando Alonso (Ferrari, Esp), 115
5. Valtteri Bottas (Williams, Fin), 95

Nas equipas, a Mercedes segue confortável. A Red Bull, no segundo posto, ganhou mais alguns pontos à Ferrari, a qual também deixou a Williams um pouco mais longe.

Mundial de construtores:
1. Mercedes, 393 pontos
2. Red Bull,219
3. Ferrari, 142
4. Williams, 135
5. Force India, 98

A Fórmula 1 entra agora na habitual pause de verão. O regresso ao “circo” dos monolugares está marcado para quase daqui a um mês, a 22 de agosto, em Spa-Francorchamps, na Bélgica. Antes, a 8 de agosto, em Indianapolis, Estados Unidos, temos o regresso à ação do Mundial de Moto GP. É, então, sobre duas rodas que retomamos as edições regulares de Speed, ao domingo, na euronews.