Última hora

Última hora

Os serviços bancários nos telemóveis de Brazzaville

Em leitura:

Os serviços bancários nos telemóveis de Brazzaville

Tamanho do texto Aa Aa

Em todo o mundo, cada vez mais pessoas estão a utilizar os serviços bancários móveis, principalmente África. Sete em cada dez africanos têm acesso a uma rede móvel e o aumento dos serviços bancários móveis teve um grande impacto no crescimento económico do continente.

Segundo Charles Kie, Executivo do Grupo de Empresas e do Banco de Investimento,
Ecobank: “Este século vai assistir a grandes mudanças nos hábitos financeiros dos africanos e o mobile banking será um elemento impulsionador. É importante nesta altura de inclusão financeira das populações africanas, e, naturalmente, representa uma melhoria significativa no nível de consciência financeira das pessoas. Estou satisfeito que esta inovação tenha começado em África, porque durante muito tempo tivemos a perceção que nada acontecia neste continente”.

A perspetiva de convergência entre os serviços bancários e de comunicação oferece aos africanos a possibilidade de acesso a serviços financeiros e de adaptar os negócios financeiros que, no passado, eram realizados somente em dinheiro. Esta nova tendência, baseada no uso de telefone celular ou tablets promove a inclusão financeira em todo o continente.

Freddy Tchala, diretor executivo da MTN Congo explica: “80% das economias africanas, pelo menos na África Subsaariana, são baseadas numa economia informal. E se quisermos modelar esta economia, há que trazer um conjunto de operações que são mais facilmente adaptáveis e através dos serviços bancários móveis. 80% dos Africanos descobrem novas tecnologias no telemóvel e também descobrem o banco pelo telemóvel.”