Última hora

Última hora

Irão apela ao armamento de palestinianos

Em leitura:

Irão apela ao armamento de palestinianos

Tamanho do texto Aa Aa

O guia supremo iraniano critica a ofensiva israelita na Faixa de Gaza e pede ao mundo árabe para que forneça armas as palestinianos.

Num discurso que assinala o fim do Ramadão, Ali Khamenei comparou o comportamento de Israel ao de um “cão enraivecido” e qualificou de “genocídio” o que está a acontecer em Gaza. O guia supremo do Irão apelou, também, à condenação de todos os que estão envolvidos no que chama de “catástrofe histórica” e à necessidade de armar os palestinianos.

O Irão apoia os movimentos islamitas palestinianos contra Israel, país que não reconhece.

Na origem da operação militar em Gaza está o rapto e assassínio de três adolescentes israelitas, crimes atribuídos ao Hamas.

Khaled Meshaal, líder do movimento no exílio que sempre negou qualquer ligação ao sucedido diz que os crimes não passaram de um pretexto de Israel para atacar Gaza.

Considera, por isso, que cabe ao Estado hebraico pôr fim ao conflito, mas impõe condições. Desde logo, o fim ao bloqueio económico que já dura há oito anos, a reabertura da fronteira de Rafah e a libertação de prisioneiros palestinianos.