Última hora

Última hora

Médio Oriente: mais violência afasta esperança de cessar-fogo

Em leitura:

Médio Oriente: mais violência afasta esperança de cessar-fogo

Tamanho do texto Aa Aa

O conflito entre Israel e o Hamas aumentou de intensidade na segunda-feira.

Pelo menos 18 palestinianos mortos é o balanço dos bombardeamentos ocorridos na última noite.

Em Khan Yunis, a sul de Gaza, um ataque aéreo matou pelo menos três palestinianos. Os feridos foram transportados para o hospital local.

Para além de Khan Yunis, Rafah foi igualmente atingida por mísseis israelitas.

Horas antes, na tarde de segunda-feira, um parque em Gaza foi alvo de um ataque de mísseis. Pelo menos, 10 palestinianos morreram, incluindo várias crianças.

“Vi sete crianças que brincavam. Morreram de imediato, estavam três homens ali sentados que também morreram. As crianças estavam felizes a brincar, a celebrarem o Eid quando foram atingidas”, afirmou Nidal Aljerbi, uma testemunha ocular.

O retomar da violência deitou por terra quaisquer esperanças relativas a um cessar-fogo no final do mês sagrado do ramadão.

Igualmente do lado israelita há vítimas a lamentar.

Quatro soldados israelitas foram mortos por um tiro de morteiro palestiniano.

As mortes elevam para 48 o número de israelitas mortos contra mais de 1,100 do lado palestiniano.