Última hora

Última hora

Sébastien Tellier foi até ao Brasil para encontrar a sua criança interior

Em leitura:

Sébastien Tellier foi até ao Brasil para encontrar a sua criança interior

Tamanho do texto Aa Aa

“L’Aventura” é o oitavo álbum de estúdio do músico francês de 39 anos. O disco é apresentado como um reflexão sobre a infância.

“O Brasil era o sítio perfeito para o álbum. Tentei reescrever a minha infância porque para mim a infância foi um período muito
banal sem graça num subúrbio de Paris onde as casas são todas iguais, sem nada de especial”, disse Sébastien Tellier.

“Para mim isso foi um problema, o meu passado foi um problema, queria saber por que razão eu era assim. Talvez eu queira ser único porque venho de um bairro onde todas as casas são iguais, há muitas questões sobre o passado”, acrescentou o músico.

Sébastien Tellier representou a França no festival da Eurovisão em 2008 e causou polémica por ser o primeiro francês a cantar em inglês no concurso europeu.

“Este álbum é muito alegre, doce e suave mas é muito triste. Digo adeus à minha infância e tenho de tornar-me adulto na vida real, tenho um filho e sou casado por isso tenho de ser sério. O álbum explica isso e mostra a intensidade da dor de ser aldulto porque é tão fácil ser uma criança”, contou o músico de 39 anos.

Vários temas de Sébastien Tellier fazem parte da banda sonora do filme “O amor é um lugar estranho” de Sofia Coppola. Um dos seus maiores sucessos é “Sexuality” um álbum produzido em colaboração com Guy-Manuel de Homem Christo, dos Daft Punk.

Bonus interview with Sébastien Tellier