Última hora

Última hora

Lukaku no Everton com transferência recorde de 35 milhões

Em leitura:

Lukaku no Everton com transferência recorde de 35 milhões

Tamanho do texto Aa Aa

Há um novo máximo no investimento feito pelo Everton, de Inglaterra, na contratação de um jogador. O belga Romelu Lukaku está confirmado em Goodison Park para os próximos cinco anos e por um valor recorde pago ao Chelsea de 28 milhões de libras – cerca de trinta e cinco milhões de euros.


“Estou muito satisfeito por regressar ao Everton. Tive uma experiência fantástica aqui na época passada e um bom relacionamento com todas as pessoas do clube. Mal posso esperar por voltar ao trabalho. Antevejo uma época de sucessos”, afirmou o jogador, em declarações citadas na página oficial do clube na internet.


Natural de Antuérpia, o avançado de 21 anos, formado no Anderlecht, passou pelo último Mundial do Brasil, onde ajudou a Bélgica a chegar aos quartos-de-final, marcando o golo com o que os “Diables Rouges” derrotaram (2-1) nos “oitavos” os Estados Unidos.

Pelo Everton, na última época, Lukaku participou em 31 jogos da “Premier League” pelo everton, por empréstimo do Chelsea, marcando 15 golos e convencendo os responsáveis dos “Toffees” a abrir os cordões à bolsa.

A transferência para o Everton marca, assim, o regresso de Lukaku aos “Blues”, de Liverpool, depois de na época passada o clube de José Mourinho ter decidido empresta-lo ao cair do pano da janela de transferências do verão passado. uma mudança oc orrida, curiosamente, dias depois de o belga ter falhado o penálti decisivo na Supertaça europeia perdida pelo Chelsea para o Bayern de Munique, então já orientado por Pep Guardiola. Desta feita, com as contratações de Diego Costa e Didier Drogba, Lukaku ainda teria menos hipóteses de ser chamado pelo português e o Chelsea aceitou a transferência.


José Mourinho, entretanto, explicou a saída de Lukaku com exigência do belga em ser a primeira opção do ataque dos “Blues”, de Londres. Por outro lado, em declarações progeridas nos Estados Unidos, por onde o Chelsea anda em digresão de pré-época, o treinador português garantiu que o espanhol Fernando Torres vai manter-se em Stamford Bridge.