Última hora

Última hora

Vírus ébola: Presidente da Serra Leoa decreta estado de emergência

Em leitura:

Vírus ébola: Presidente da Serra Leoa decreta estado de emergência

Tamanho do texto Aa Aa

A Serra Leoa decretou o estado de emergência devido à expansão, alarmante, do vírus ébola, no continente africano. Mais de setecentas pessoas já morreram, desde fevereiro, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), que já disponibilizou 75 milhões de dólares para ajudar a combater o surto em África.

“Proclamo o estado público de emergência para permitir a tomada de medidas adequadas para lidar com o surto de ébola”, afirmou o Presidente da Serra Leoa, Ernest Bai Koroma.

A organização não-governamental Médicos Sem Fronteiras tinha já declarado que a epidemia do vírus ébola está totalmente fora de controlo na zona oeste de África e que há o risco de se espalhar para mais países.

Neste momento os países problemáticos são a Libéria, Guiné-Conacri, Serra Leoa e Nigéria.

Para prevenir, e segundo o primeiro-ministro da Guiné-Bissau, Portugal vai enviar 15 toneladas de medicamentos para o país.

Neste momento haverá dois cidadãos norte-americanos, que estavam a trabalhar em África, que foram infetados com o vírus, eles terão sido já enviados de volta para os Estados Unidos, onde serão tratados.