Última hora

Última hora

Gaza: Número de vítimas mortais supera 1700

Em leitura:

Gaza: Número de vítimas mortais supera 1700

Tamanho do texto Aa Aa

O aumento, incessante, do número de mortos na Faixa de Gaza não esmorece a resistência palestiniana, pelo menos para o Hamas, que promete continuar a luta contra Israel.

O braço-de-ferro já custou a vida a mais de 1700 palestinianos, de acordo com o porta-voz do Ministério da Saúde.

Em Rafah, cidade que agora é um amontoado de escombros, os sobreviventes aos ataques tentam encontrar restos de vida.

Os problemas de abastecimento agravam-se com o fracasso da trégua humanitária. À falta de comida junta-se a escassez de água potável.

O rasto de morte desperta uma sede, cada vez maior, de vingança.

Este sábado os ataques persistiram em Khan Younis, no sul da Faixa de Gaza, ainda que em outras zonas se tenha registado um decréscimo de intensidade.

As ambulâncias não param de transportar feridos. Desde o inicio da ofensiva somam-se mais de 8900.