Última hora

Última hora

Jihadistas do Estado Islâmico conquistam cidades no norte do Iraque

Em leitura:

Jihadistas do Estado Islâmico conquistam cidades no norte do Iraque

Tamanho do texto Aa Aa

Mais duas cidades iraquianas terão passado este domingo para o controlo do apelidado Estado Islâmico (EI), o grupo jihadista que tem vindo a conquistar território pelas armas e pelo terror.

O grupo fundamentalista islâmico divulgou, entretanto, algumas imagens que mostram, por um lado, o que dizem ser avisos para os soldados iraquianos e curdos se renderem e assim evitarem evitarem ser capturados e executados, e, por outro, alegados momentos de combate.

As últimas cidades, entretanto, tomadas pelo grupo fundamentalista islâmico são as de Sinjari e Tal Afar, na região curda do Iraque, a oeste de Mossul, uma das maiores cidades do Iraque que está no posse do grupo anteriormente conhecido como ISIL (cuja tradução da sigla para português era Estado Islâmico do Iraque e do Levante). Os jihadistas já haviam tomado também Zumar, um pouco mais a norte, e ainda um campo petrolífero na região, obrigando à fuga dos combatentes curdos e de muitos residentes desta região.

Estarão, por estes dias, em fuga desta perigosa região no norte do Iraque cerca de 200 mil civis. Só no Curdistão, albergados em armazéns de parcas condições, já estarão, entretanto, cerca de 300 mil refugiados iraquianos, que fugiram da ofensiva jihadista, que pretende criar um novo estado sob a lei fundamentalista islâmica e cujas fronteiras desejadas incluem parte da Síria e uma grande parte do Iraque.