Última hora

Em leitura:

Guerra da Síria cruza fronteira e rebeldes matam soldados no Líbano


Líbano

Guerra da Síria cruza fronteira e rebeldes matam soldados no Líbano

Sinal de tensão crescente, pelo menos 13 soldados libaneses morreram, este domingo, em combates com rebeldes sírios na cidade transfronteiriça de Arsal, abrigo de milhares de refugiados.

Outros 15 soldados encontram-se desaparecidos.

Os confrontos na cidade libanesa prolongam-se desde sábado, após a detenção de Imad Ahmad Jomaa, integrante da Frente al-Nusra, o braço sírio da Al-Qaeda e um dos grupos mais fortes na luta armada para tirar do poder o presidente sírio.

O general Jean Kahwaji, chefe das Forças Armadas libanesas, fala em ação premeditada: “O ataque terrorista que ocorreu ontem (sábado) não aconteceu por acaso, nem por coincidência. Foi previamente planeado, há muito tempo.”

Esta foi a primeira vez que rebeldes sírios penetraram tão longe no território vizinho.

De Damasco, imagens de vídeo amador entretanto divulgadas dão nota de ataques aéreos e confrontos nos últimos dias.

Desde o início da guerra civil na Síria, em março de 2011, mais de 170 mil pessoas morreram.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Expatriados turcos já escolheram o presidente