Última hora

Última hora

The Corner: A tragédia do Benfica e as cantorias de Diego Costa e Fábregas

Em leitura:

The Corner: A tragédia do Benfica e as cantorias de Diego Costa e Fábregas

Tamanho do texto Aa Aa

Com a nova época a caminhar a passos largos para o inicio dos principais campeonatos europeus, neste último fim de semana – excepção à Supertaça de França – foram ainda os torneios de pré-época a e a dança das transferências a dominarem as atenções dos adeptos do futebol. Na habitual viagem semanal pelo futebol mundial, o The Corner abre a edição desta semana na Emirates Cup, em Londres, onde o campeão português teve uma passagem para esquecer, mas o treinador vencido nas últimas finais da Taça e da Liga de Portugal, Nuno Espírito Santo, já começou a somar agora à frente do Valência.


O troféu Emirates acabou, aliás, na vitrina do emblema espanhol, cuja venda ao empresário Peter Lim está garantida. Num duelo entre portugueses – dois para cada lado mais os respectivos treinadores -, Valência e Mónaco empataram na primeira jornada a dois golos, metade deles autogolos lusitanos: o primeiro de Ruben Vezo, a beneficiar os franceses; o segundo de Ricardo Carvalho, para os espanhóis. João Moutinho pela equipa de Leonardo Jardim e André Gomes pela de Nuno Espírito Santo foram os outros portugueses.

Nesta primeira ronda, o Benfica foi “atropelado” pelo Arsenal. Os anfitriões do torneio golearam (5-1) com um um “póquer” de Yaya Sanogo e 4-0 ao intervalo. Nico Gaitan marcou o golo de honra dos campeões portugueses na segunda parte, já depois dos londrinos terem feito o quinto. Num jogo em que, curiosamente, os encarnados alinharam com 5 portugueses, foi o guarda-redes brasileiro Artur quem mais destoou, concedendo pelo menos dois “frangos” no reencontro com André Gomes, que entrou ao intervalo para os espanhóis.


Face à vitória (1-0, no regresso de Radamel Falcao aos golos) do Mónaco sobre o Arsenal, na derradeira partida do torneio, o troféu 2014 da Emirates Cup acabou por ser entregue ao Valência, devido ao maior número de golos marcados (que no caso, poderiam ser os golos consentidos por Artur – o Benfica ainda procura um substituto para Oblak e bem precisa).


Na segunda ronda, Nuno Espírito Santo “vingou-se” das duas finais perdidas para Jorge Jesus há poucos meses, como treinador do Rio Ave, e, desta feita com o Valência, levou a melhor sobre as “águias”, por 3-1.

Cristiano Ronaldo de volta vale recorde


Nos Estados Unidos, fechou-se a fase de grupos da International Champions Cup. No jogo que marcou o regresso antecipado de Cristiano Ronaldo aos relvados – o português terá pedido para jogar contra o anterior clube e entrou aos 74 minutos -, o Real Madrid voltou a perder. Desta feita, (1-3) o carrasco “merengue” foi, claro, o Manchester United, que ficou no primeiro lugar do grupo A e assim garantiu a presença na final deste torneio americano.


O jogo entre os “red devils” e os “merengues” fixou, entretanto, um novo recorde nacional nos Estados Unidos. Realizado no Estádio de Michigan, o popular “Big House” (grande casa), este é o jogo de futebol com maior assistência “in loco” no país, contando com 109 318 espetadores nas bancadas do recinto, que, para fazerem parte deste acontecimento único, pagaram entre 45 e 189 euros pelos bilhetes.


No outro grupo, o Liverpool levou a melhor sobre os italianos do AC Milan, que, agora orientados pelo italiano Filipo Inzaghi, deixam a prova com três derrotas e 10 golos sofridos. Os ingleses, por sua vez, garantiram o primeiro lugar e a presença na final, diante do Manchester United, num jogo que se realiza esta segunda-feira, já madrugada de terça-feira na Europa. Desta que ainda, neste torneio, para o montenegrino Stefan Jovetic, do Manchester City, o melhor marcador da prova, com 5 golos.


Outros resultados envolvendo equipas portuguesas:
Everton (Ing)-FC Porto, 1-1
Belenenses-Wydad Casablanca (Mar), 1-2
Nacional-Academica, 0-2
Setúbal-Sunderland (Ing), 0-0
Sp. Braga-D. Corunha (Esp), 1-0
Boavista-Sporting B, 1-3
P. Ferreira-Moreirense, 0-1

Continuamos a tentar adivinhar o futuro

Depois do sucesso que alcançámos durante o Mundial, vamos manter em funções durante esta época desportiva a nossa bola de cristal. A ideia é tentar adivinhar os resultados dos jogos mais importantes do fim-de-semana seguinte.

Na euronews, o nosso forte – está comprovado – são as notícias, não a futurologia. Mas não desistimos e esperemos que desse lado não se deixe levar pelo nosso insucesso na leitura dos astros. Continue a enviar-nos os seus prognósticos através do “hashtag” #TheCornerScores.


No próximo fim-de-semana, arrancam, entretanto, as ligas de França e Holanda. Escolhemos, por isso, os jogos inaugurais dos respectivos campeões e, pela nossa bola de cristal, o Paris Saint-Germainm que acaba de conquistar a Supertaça francesa diante do Guingamp, ganha no terreno do Reims, por 2-0.

O Ajax, recém-vencedor da Eusébio Cup diante do Benfica mas que acaba de perder a Supertaça holandesa para o Zwolle, abre a “Eredivise” a receber o sexto classificado do último campeonato, o Vitesse, e, de acordo com a nossa equipa de desporto, a vitória ficará em Amesterdão, por 3-1.


O que lhe parece? Estamos no bom caminho? Não? Se tem uma previsão diferente, não hesite, entre nas nossas redes sociais e partilhe connosco os seus prognósticos. Não faça como o antigo lateral-direito do FC Porto, João Pinto, para quem “prognósticos? só no final da partida.”

Na incerteza de Di Maria Real confirma Keylor Navas

Com a imprensa espanhola a dar como praticamente fechada a transferência do argentino Angel di Maria do Real Madrid para o Paris Saint-Germain, por uma verba a rondar os 70 milhões de euros (o que obrigara os franceses a vender uma das suas estrelas), o Real Madrid continua a trabalhar para dar a Carlo Ancelotti a melhor equipa possível. Nesse sentido e com Iker Casillas a mostrar-se longe dos melhores dias e Diego Lopez a ponderar uma mudança de ares, os “merengues” acabam de confirmar a contratação do guarda-redes Keylor Novas.


O costa-riquenho foi uma das estrelas reveladas pelo recente mundial do Brasil e, aos 27 anos – depois de duas temporadas no Levante (a primeira por empréstimo do Albacete -, transfere-se para o Real Madrid, a troco de 10 milhões de euros para os cofres dos “granotes” (alcunha dos levantinos). Navas assina por três e deve ser apresentado esta terça-feira no Santiago Bernabéu, juntando-se nos “blancos” às bem sonantes contratações do alemão Toni Kroos e do colombiano James Rodriguez.


Quanto a Di Maria, fumo branco pode surgir ainda esta segunda-feira, onde o empresário português Jorge Mendes almoçou com Florentino Perez, o presidente do Real Madrid. A transferência de Di Maria e a eventual contratação pelos merengues de Radamel Falcao ao AS Monaco terão estado no “menu” desta cimeira negocial. Para além do ex-Benfica e de Diego Lopez, também o alemão Sami Khedira poderá estar de saída do Bernabéu.


Os videos mais loucos da internet

Uma nova época desportiva é sempre fonte de novidades. Aqui, neste nosso “pontapé de canto” da euronews marcamos mais um “golo” com a criação no The Corner do espaço “Bloopers”.

Aqui será onde todas as segunda-feiras poderá encontrar os vídeos mais loucos relacionados com futebol que circulam pela internet. Para os encontrarmos, contamos também, claro, com a sua ajuda. Se encontrar vídeos de futebol a que ache piada, partilhe connosco o “link” (endereço) do mesmo através das nossas redes sociais, recorrendo à “hashtag” #TheCornerBloopers.

Inauguramos este espaço com um vídeo registado num recente momento de descontracção da equipa do Chelsea, no qual até a atraente responsável médica da equipa de José Mourinho, Eva Carneira, aparece a revelar dotes de dançarina. A imprensa inglesa garante ter sido a praxe de iniciação dos recém-contratados Diego Costa, Felipe Luís e Cesc Fábregas.

Um vídeo já com uns anos, mas que continua viral é o do desempate por penáltis no jogo para decidir quem subia, em junho de 2011, à sexta divisão do futebol italiano. Um jogador do Tremeno acertou na trave e a bola subiu nos céus, o guarda-redes do Dro sai da baliza a correr e a festejar o falhanço do rival, que ficou de joelhos sobre a marca dos 11 metros.

Com um efeito estranho, a bola acabaria, por entrar segundos depois na baliza e o árbitro validou o golo. O Dro falharia o penálti seguinte e o Tremeno ganhou. Rezam as crónicas, que a comissão de arbitragem italiana, partindo de um recurso do Dro, analisou o caso, revogou a decisão do árbitro e impôs a repetição do jogo.

Por último, destacamos as imagens do golaço assinado há dias por Zlatan Ibrahimovic durante um treino do PSG na China. Os parisienses preparavam o jogo da Supertaça diante do Guingamp, que se realizou em Pequim e que venceram (2-0) com um bis do sueco, mas a acrobacia de “Ibra” e digna de um dos célebres filmes de Keanu Reeves da saga “Matrix.”