Última hora

Última hora

Ébola: Estados Unidos e Espanha recebem pacientes contaminados pelo vírus

Em leitura:

Ébola: Estados Unidos e Espanha recebem pacientes contaminados pelo vírus

Tamanho do texto Aa Aa

Nancy Writebol, de 59 anos, é a segunda vítima do Ébola, chegada ao Hospital Universitário de Emory, em Atlanta, nos Estados Unidos.

A paciente será colocada na mesma célula de isolamento onde se encontra o médico Kent Brantly, internado desde sábado.
Ambos trabalhavam para a organização humanitária americana, SIM, na Libéria.

As autoridades espanholas preparam-se para a chegada, também hoje, do missionário Miguel Pajares, também ele infetado pelo vírus na Libéria.

O Ébola, até agora confinado a África, começa a atravessar os continentes, o que, para o presidente da SIM, Bruce Johnson, é, de alguma forma, positivo, porque “subitamente, o mundo está a tomar consciência de que é preciso fazer algo sobre a situação no oeste africano”, afirma, acrescentando que “a única forma de acabarmos com isto, é encontrar a cura para o Ébola”.

Desde fevereiro, o vírus, altamente contagioso, já matou 900 pessoas na Líbéria, Serra Leoa, Guiné e Nigéria.

Nos aeroportos destes países todos os passageiros são controlados. As companhias aéreas British Airways e Emirates suspenderam os voos para a Libéria e a Serra Leoa.