Última hora

Última hora

Howard Webb "cala" o apito e segue os passos de Collina

Em leitura:

Howard Webb "cala" o apito e segue os passos de Collina

Tamanho do texto Aa Aa

O mais famoso árbitro inglês da última década, o antigo sargento da polícia Howard Webb decidiu pendurar o apito e seguir os passos do italiano Pierluigi Collina. Não sabemos se o penteado – ou melhor a falta de cabelo – teve alguma coisa a ver com a decisão de seguir os passos do italiano -atual assessor da Associação de Árbitros de Futebol Italianos (AIA) e membro do Comité de Árbitros da UEFA -, mas a verdade é que o inglês vai agora adotar igualmente o fato e gravata em representação dos senhores do apito no futebol.

Aos 43 anos, Howard Webb vai tornar-se no diretor técnico dos árbitros do futebol inglês e ser o responsável pela melhoria e progresso do setor. A estreia na Primeira Liga inglesa do “spray” tornado famoso pelos árbitros no recente Mundial do Brasil é uma das novidades que acompanha a entrada do agora ex-árbitro nas novas funções. A Liga inglesa arranca, curiosamente, a 16 de agosto, em Old Trafford, com o Manchester United-Swansea.


Conhecido pela forma pedagógica como ajuizava os jogos, sempre em contacto aparentemente saudável com todos os jogadores, Howard Webb deixa uma imagem de um árbitro de ar duro e autoritário, mas de sorriso fácil. Por curiosidade, ainda há poucos dias o antigo polícia trocou de lado e alinhou como jogador numa partida de solidariedade realizada em Oakwell, Inglaterra, e correu mundo nas redes sociais por causa de um penálti à Panenka que concretizou.

Em termos de carreira, Howard Webb esteve no ativo durante 25 anos. Começou como árbitro assistente em 1989 e passou a principal em 1993. Chegou aos jogos da “Premier League” em 1998, de novo como assistente. Estreou-se como árbitro da Primeira Liga inglesa a 18 de outubro de 2003, com um Fulham-Wolverhampton.

Chegou a internacional em 2005 e o primeiro jogo de seleções foi um Irlanda do Norte-Portugal (1-1), em novembro de 2005. A primeira grande competição internacional em que participou foi o europeu de sub21 realizado em Portugal, em 2006, o mesmo ano que se estrearia, em setembro, na Liga dos Campeões.

Em 2010, tornou-se no primeiro árbitro de sempre a apitar no mesmo ano as finais de um Mundial e da Liga dos Campeões. O último jogo em que Howard Webb fez soar o apito foi o Brasil-Chile, nos oitavos-de-final do ainda recente Mundial. Os “canarinhos” venceram nos penáltis.