Última hora

Última hora

Presidenciais Turquia: três homens para um lugar

Em leitura:

Presidenciais Turquia: três homens para um lugar

Tamanho do texto Aa Aa

Á frente do governo desde 2003, Recep Tayyip Erdogan é apontado como grande favorito na corrida às presidenciais turcas este domingo.

Um favoritismo que segundo os analistas pode garantir a vitória já na primeira volta e que os dois outros candidatos querem contrariar.

Ekmeleddin Ihsanoğlu é principal adversário político de Erdogan. Apoiado por dois dos maiores partido da oposição, o diplomata e académico acredita que nada está perdido.

Na corrida está, também, Selahattin Demirtaş, o candidato do pró-curdo Partido do Povo.

As hipóteses de vencer as presidenciais são praticamente nulas, mas o apoio dado por várias famílias políticas podem permitir ao candidato marcar pontos nestas eleições.

A decisão está nas mãos dos cerca de 53 milhões de eleitores.

“Vivo em Diyarbakir e espero que as eleições presidenciais tragam paz para o nosso país. So espero que o novo chefe de Estado acabe com o banho de sangue” refere Salih Corak.

Paz e prosperidade é o que pedem a maioria dos eleitores.

“Penso que o homem escolhido para a chefia de Estado não deve diferenciar as pessoas pela raça, religião, idioma ou etnia. É importante que os partidos políticos sejam tratados da mesma forma” afirma Zeynep Ozgun.