Última hora

Em leitura:

Tribunal egípcio erradicou Irmandade Muçulmana da cena política


Egipto

Tribunal egípcio erradicou Irmandade Muçulmana da cena política

O Egito deu o golpe final de erradicação da Irmandade Muçulmana da cena política.
O Supremo Tribunal ordenou este sábado a dissolução do partido Liberdade e Justiça, ramo político da organização, mais de um ano depois de o exército ter destituído o presidente islamista eleito Mohamed Morsi e avançado com a repressão dos seus apoiantes.

No dia 30 de agosto é esperado um veredito final do Grande Mufti do Egito sobre a pena capital pronunciada pelo tribunal de Guizeh contra o líder da Irmandade Muçulmana, Mohamed Badie.

O presidente Abdel Fattah al-Sissi, que depôs e fez prender Mohamed Morsi em julho do ano passado,prometeu erradicar definitivamente a Irmandade Muçulmana.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Estados Unidos desencadearam segunda operação humanitária no Iraque