Última hora

Última hora

Balanço provisório aponta para execução de 500 yazidis no Iraque

Em leitura:

Balanço provisório aponta para execução de 500 yazidis no Iraque

Tamanho do texto Aa Aa

Até ao momento, pelo menos 500 yazidis foram executados no norte Iraque por fundamentalistas do Estado Islâmico.

O número é avançado pelo ministro dos Direitos Humanos iraquiano que dá, ainda, conta do rapto de 300 mulheres desta comunidade.

Na véspera, os extremistas tinham ameaçado executar centenas de famílias desta minoria caso não se convertessem ao Islão. Mas o governo iraquiano não explica se estas pessoas estão ou não incluídas no balanço de vítimas mortais apresentado este domingo.

Milhares de elementos da comunidade yazidi fugiram para o monte Sinjar, mas acabaram cercados por militantes do Estado Islâmico.Muitos morreram de sede e de fome.

Tarek Abdu, analista sírio considera que a situação pode piorar.

“Se a comunidade internacional não tomar uma atitude, os extremistas vão infiltrar-se pelo Médio Oriente. Penso que muitos já se encontram em países árabes que podem ser atacados a qualquer momento” afirma.

A ajuda humanitária no terreno permite minimizar o problema desta e de outras comunidades, pelo menos, para já.