Última hora

Última hora

Turquia: Eleição de Erdogan para Presidente abre corrida ao governo

Em leitura:

Turquia: Eleição de Erdogan para Presidente abre corrida ao governo

Tamanho do texto Aa Aa

Recep Tayyip Erdogan, de 60 anos, está confirmado pela Comissão Eleitoral da Turquia como 12.° presidente daquele país euro-asiático. Os resultados não são oficiais, mas resultam do escrutínio de 99 por cento dos votos, que já permitem garantir ao até aqui primeiro-ministro turco uma vitória com mais de metade dos votos.

O líder do AKP terá sido o preferido de 52 por cento dos eleitores turcos contra os 38,5 de Ekmelledin Ihsanoglu e os menos de 10 por cento do curdo Selahattin Demirtas. A vitoria de Erdogan deixa vago, no entanto, o lugar de primeiro-ministro.

A corrida para um novo governo já está, por isso, em andamento e, nas próximas semanas, prevê-se que o próprio Erdogan ainda lidere as reuniões do AKP para escolher um novo líder para o partido, que será, igualmente, o candidato a suceder-lhe à frente do governo.

Ao lado da mulher Emine, na varanda da sede do AKP, Erdiogan festejou e, logo no domingo à noite, proferiu o primeiro discurso de vitória. “Hoje a vontade do povo turco venceu uma vez mais. Hoje a democracia voltou a vencer. Aqueles que não votaram em mim são tão vencedores quanto aqueles que votaram. Assim como aqueles que não gostam de mim ganharam tanto como os que me querem bem”, afirmou o primeiro Presidente turco eleito pelo povo e não nomeado pelo parlamento, como aconteceu até 2007.

A festa prolongou-se por várias horas junto à sede do Partido da Justiça e Desenvolvimento, o AKP.