Última hora

Última hora

Brasil: Que efeito terá a morte de Campos na campanha presidencial?

Em leitura:

Brasil: Que efeito terá a morte de Campos na campanha presidencial?

Tamanho do texto Aa Aa

A inesperada morte de Eduardo Campos num acidente de aviação em Santos lança uma série de incertezas na campanha para as presidenciais de 5 de outubro no Brasil.

Assim que tiveram notícia da tragédia, os adversários suspenderam a campanha e lamentaram o desaparecimento do candidato do Partido Socialista Brasileiro (PSB).

A Presidente do Brasil, Dilma Rousseff, decretou três dias de luto.

Com a morte de Campos, a parceira na corrida, Marina Silva, é a melhor colocada para conduzir a campanha. Mas a candidata a vice-presidente só se filiou no PSB depois de não ter conseguido montar uma candidatura e não é muito bem vista, nem pelos socialistas, nem pelos financiadores da campanha. Por outro lado, Marina Silva é mais popular que Campos junto do eleitorado e a opinião unânime é que irá obrigar a uma segunda volta caso seja a candidata do PSB.