Última hora

Última hora

Ucrânia: A longa jornada da caravana russa de ajuda humanitária

Em leitura:

Ucrânia: A longa jornada da caravana russa de ajuda humanitária

Tamanho do texto Aa Aa

Continua a longa jornada da caravana de mais de 200 camiões russos, incluindo alguns veículos militares, rumo ao leste da Ucrânia.

Depois de ter estado parada, a caravana prossegue o seu caminho, por uma estrada que leva, diretamente, a um posto controlado por rebeldes pró-russos, a fronteira ucraniana de Izvaryne. A caravana deverá estar a poucas horas desta fronteira:

“Nós vamos onde nos mandarem ir. Como já disse está muito calor. Mas está tudo bem, o camião está a trabalhar bem”, diz um dos camionistas, Ivan Nikolayev.

Mas as dúvidas, em relação à carga e às intenções russas, persistem. Moscovo insiste em controlar a operação mas, para as autoridades ucranianas, há critérios imperativos:

“Mesmo que se decida transportar a ajuda humanitária através do setor da fronteira, temporariamente, controlado pelos terroristas, a carga tem de ser examinada pelas autoridades ucranianas que controlam a fronteira e transportada para os representantes da Cruz Vermelha”, explica Andriy Lyse, porta-voz do Conselho de Segurança Nacional e Defesa, ucraniano.

Também o governo ucraniano anunciou, esta quinta-feira, o envio de uma caravana com ajuda humanitária para o leste do país.

Camiões, carregados com 800 toneladas de alimentos e outros bens, partem de diversas cidades, controladas por Kiev, em direção a Lugansk. Uma operação supervisionada pela Cruz Vermelha.