Última hora

Última hora

Ataque contra centro de isolamento de doentes de Ébola na Libéria

Em leitura:

Ataque contra centro de isolamento de doentes de Ébola na Libéria

Tamanho do texto Aa Aa

Um grupo de homens armados atacou um centro de isolamento de doentes com Ébola na capital da Libéria.

O ataque provocou a fuga de 17 dos 29 pacientes internados no local.

O centro está instalado num liceu dos subúrbios de Monróvia, escolhido pelas autoridades para isolar pessoas que apresentam sintomas da febre hemorrágica, num bairro considerado como um dos epicentros da epidemia na capital.

Os atacantes, na maioria jovens armados com bastões, gritavam palavras de ordem contra a presidente Ellen Johnson Sirleaf, garantindo que “não há Ébola” na Libéria.

As autoridades têm promovido uma campanha de informação sobre o vírus, para fazer frente a uma população cética.

Nos últimos cinco meses, a epidemia de Ébola – a mais grave desde que esta forma extremamente contagiosa de febre hemorrágica foi identificada em 1976 – fez mais de 1100 mortos, segundo a Organização Mundial de Saúde, 413 dos quais na Libéria.

artigos relacionados:

Factos sobre o Ébola