Última hora

Última hora

Agricultores europeus recebem ajudas para enfrentar embargo russo

Em leitura:

Agricultores europeus recebem ajudas para enfrentar embargo russo

Tamanho do texto Aa Aa

A ajuda vem a caminho: os agricultores europeus vão receber apoios financeiros no valor de 125 milhões de euros para compensar o impacto das sanções impostas pela Rússia aos produtos alimentares. O embargo russo vai durar, pelo menos, até ao verão do próximo ano e atinge não só a União Europeia, como o Canadá, os Estados Unidos, a Austrália e a Noruega.

A Comissão Europeia anunciou que vai recorrer a fundos de emergência destinados precisamente a cenários de crise. O porta-voz Roger Waite especificou que “estas medidas pretendem aliviar a pressão sobre os mercados europeus dada a queda nas exportações num período tão curto.”

Em causa estarão transações na ordem dos 5 mil milhões de euros. As ajudas serão distribuídas até ao final de novembro, visando produtos mais vulneráveis a problemas de escoamento. Os principais beneficiários serão a Polónia, a Lituânia, a Bélgica e a Holanda.