Última hora

Última hora

Piquenique Paneuropeu foi há 25 anos

Em leitura:

Piquenique Paneuropeu foi há 25 anos

Tamanho do texto Aa Aa

A fronteira austro-húngara, a curta distância da cidade de Sopron, reviveu o famoso “Piquenique Paneuropeu” que, há 25 anos, abria o caminho para a queda do Muro de Berlim.

O correspondente da euronews explica que “o que aconteceu aqui, em 1989, aproximou a Alemanha e a Hungria, porque abriu a primeira brecha na Cortina de Ferro. Hoje em dia, as ligações entre Berlim e Budapeste esfriaram, mas os alemães nunca esquecerão o que aqui aconteceu”.

O primeiro-ministro húngaro marcou presença no aniversário, enquanto a chanceler alemã, Angela Merkel, se limitou a enviar uma mensagem em vídeo.

Entre as várias centenas de participantes, encontravam-se também alguns dos antigos residentes da Alemanha de Leste que aproveitaram, na altura, para fugir para o Ocidente.

É o caso deste habitante de Berlim, que sublinha que “os húngaros merecem bastante respeito. Foi incrível e este local faz, inquestionavelmente, parte da História”.

A 19 de agosto de 1989, num gesto simbólico, foi aberta durante três horas a fronteira, perto da cidade húngara de Sopron, acabando por permitir a fuga de seiscentos cidadãos da Alemanha de Leste. Os guardas húngaros, que tinham ordens para disparar em caso de tentativa de fuga, ignoraram a diretiva.