Última hora

Última hora

Ébola: Dois médicos curados

Em leitura:

Ébola: Dois médicos curados

Tamanho do texto Aa Aa

Dois médicos norte-americanos que contraíram o vírus Ébola, durante o tratamento de vítimas na Libéria, recuperam depois do tratamento com um medicamento experimental. Kent Brantly e Nancy Writebol tiveram alta do hospital em Atlanta onde foram tratados com ZMapp.

“Hoje é um dia milagroso. Estou muito feliz por estar vivo… Em março, quando recebemos a notícia que o Ébola tinha se espalhado pela Guiné e tinha alastrado para a Libéria, preparámo-nos para o pior. Não recebemos o nosso primeiro paciente com Ébola até junho, mas, quando ela chegou estávamos preparados… Na quarta-feira, dia 23 de julho, acordei a sentir-me mal e a minha vida tomou um rumo inesperado já que fui diagnosticado com o vírus Ébola”, declarou Kent Brantly.

No entanto, não existe um tratamento comprovado ou uma vacina para o Ébola. Os especialistas continuam cuidadosos relativamente ao uso do ZMapp.

artigos relacionados:

Factos sobre o Ébola