Última hora

Última hora

Merkel defende integridade territorial e descentralização da Ucrânia

Em leitura:

Merkel defende integridade territorial e descentralização da Ucrânia

Tamanho do texto Aa Aa

De visita a Kiev, Angela Merkel defendeu a integridade territorial da Ucrânia. Depois de ser recebida pelo presidente Petro Porochenko, a chanceler alemã disse que “não estão excluídas” novas sanções contra a Rússia, se continuar a escalada da violência no leste ucraniano.

Recebida também pelo chefe do governo de Kiev Merkel frisou a importância de uma maior descentralização na Ucrânia. A chanceler alemã é a mais alta dignitária europeia a visitar o país desde o início da crise.

Na véspera do aniversário da independência ucraniana, seis civis perderam a vida num bombardeamento sobre Donetsk. A cidade, bastião dos rebeldes separatistas pró-russos no leste do país, foi despertada durante a madrugada por violentas explosões, que se prolongaram até ao meio da tarde.

Segundo a ONU, que denuncia o “recurso a armas pesadas em zonas habitadas” por ambos os lados do conflito, os combates entre os separatistas e as forças ucranianas fizeram já mais de dois mil mortos.