Última hora

Última hora

Separatistas pró-russos mostram prisioneiros na praça pública

Em leitura:

Separatistas pró-russos mostram prisioneiros na praça pública

Tamanho do texto Aa Aa

Em Donetsk, os separatistas pró-russos decidiram comemorar o Dia Nacional da Ucrânia à maneira deles: Com uma parada em que fizeram desfilar os prisioneiros do exército ucraniano na Praça Lenine, a praça principal da cidade.

Com gritos de “fascistas”, a população insultou os prisioneiros e atirou-lhes objetos. Muitos ostentavam a bandeira da autoproclamada República Popular de Donetsk.

Um porta-voz do governo ucraniano denunciou a quebra das convenções internacionais, caso se trate de facto de prisioneiros de guerra e avançou a possibilidade de se tratarem de presos de delito comum, que os separatistas tiraram das prisões e apresentaram como soldados capturados.

O desfile foi uma imitação do feito pelo Exército Vermelho, em 1944, com os soldados alemães capturados na Segunda Guerra Mundial.

Além dos prisioneiros, os separatistas mostraram vários veículos militares do exército ucraniano destruídos em combate.

O conflito no leste da Ucrânia já fez cerca de 2000 mortos, desde a anexação da Crimeia por parte da Rússia.