Última hora

Última hora

Ucrânia acusa separatistas de abrirem nova frente de combate

Em leitura:

Ucrânia acusa separatistas de abrirem nova frente de combate

Tamanho do texto Aa Aa

Os militares ucranianos avisam: os separatistas pró-russos estão a deslocar a frente de combate para sul. O alerta surgiu após a alegada entrada na região de Donetsk de uma coluna de dez tanques e dois veículos blindados, provenientes de território russo, abrindo combates numa zona relativamente isenta até agora, junto à cidade ucraniana de Novoazovsk, a seis quilómetros da fronteira.

O exército da Ucrânia anuncia que a investida foi intercetada antes de alcançar Mariupol, um importante porto no Mar de Azov, onde a maior parte da população é russófona. Os rebeldes foram expulsos dessa localidade no passado mês de junho. O ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Serguei Lavrov, afirma não conhecer este último episódio, mas fala em “desinformação”.

Entretanto, os cenários de destruição multiplicam-se. O Donbass Arena, o estádio do Shakhtar Donetsk, um dos palcos do Euro 2012, foi parcialmente bombardeado. A equipa reparte jogos e treinos entre as cidades de Kiev e Lviv.