Última hora

Última hora

Escócia: independentistas vencem último debate antes do referendo

Em leitura:

Escócia: independentistas vencem último debate antes do referendo

Tamanho do texto Aa Aa

O campo do sim à independência da Escócia sai vencedor do segundo e último debate televisivo sobre o tema, a três semanas do referendo.

No frente a frente entre o primeiro-ministro escocês, Alex Salmond, e o líder da campanha do não, Alistair Darling, os separatistas conseguiram convencer 71% dos espetadores contra 29% de céticos, segundo uma sondagem The Guardian-ICM publicada após os 90 minutos de debate.

“A defesa da independência depende de um pressuposto bastante simples: ninguém, absolutamente ninguém poderá governar este país melhor do que as pessoas que vivem e trabalham na Escócia, ninguém se preocupa mais com a Escócia e, como em 1979 as vozes da desgraça dizem-nos que não o podemos fazer, não podemos fazer o que qualquer outro país tem assegurado e tanto antes como agora, os que pensam desta forma estão errados”, afirmou Salmond.

O debate centrou-se sobre a questão da futura moeda, com Salmond a garantir que a Escócia vai manter a libra, com ou sem o apoio de Londres, uma situação que acabaria por seu reconhecida pelo seu opositor, durante a discussão.

O líder dos independentistas defendeu igualmente a capacidade do território beneficiar dos recursos petrolíferos do mar do norte, contestando as previsões de declínio da produção apresentadas pelo seu adversário.

Para Darling, “enquanto Salmond passou os últimos dois anos a falar, eu limitei-me a ouvir. Sei que as pessoas querem mudança, mas também querem segurança, no que se refere a emprego e a reformas ou o futuro dos seus filhos. É por isso que quando digo ‘não obrigado” não quero dizer que não haverá mudanças”.

A consulta popular está agendada para dia 18 de setembro, quando as sondagens apontam para uma vantagem de cerca de 10% dos opositores à independência. Uma vantagem em queda nas últimas semanas, quando cerca de 11% dos escoceses permanecem indecisos.