Última hora

Última hora

Estados Unidos: Menina de 9 anos mata instrutor de tiro com uma Uzi

Em leitura:

Estados Unidos: Menina de 9 anos mata instrutor de tiro com uma Uzi

Tamanho do texto Aa Aa

Uma menina norte-americana, de apenas 9 anos, matou por acidente o instrutor de tiro que a ensinava a manusear e disparar com uma UZI, a famosa metralhadora automática de fabrico israelita. O disparo mortal foi filmado pelos próprios pais da criança, que a tinham levado ao campo de tiro de White Hills, no Arizona, no qual também funciona uma hamburgueria de nome “Balas e Hamburgueres.”


Charles Vacca, de 39 anos, foi atingido quando a menina – que não foi identificada -, recebia explicações e terá disparado de forma acidental, não conseguindo evitar que a arma se desviasse na direção do instrutor. O homem foi atingido na cabeça e ainda foi transportado de helicóptero para um centro médico situado 130 quilómetros a norte, em Las Vegas, no Nevada, mas acabaria por não resistir ao ferimento.


A lei do Arizona proíbe a posse de armas a menores, exceto, por exemplo, quando estes estejam acompanhados pelos pais, tutores ou instrutores de tiro. O diretor do campo garantiu que Charles Vacca era um “instrutor consciente e muito profissional” e explicou aos meios de comunicação americanos que a idade mínima para praticar tiro em White Hills é oito anos, mas sempre sob supervisão de adultos.

O xerife do condado de Mohave, de acordo com a lei vigente no estado, revelou que não serão levantadas acusações contra o campo de tiro.