Última hora

Última hora

Jornalista americano libertado na Síria chega aos EUA

Em leitura:

Jornalista americano libertado na Síria chega aos EUA

Tamanho do texto Aa Aa

Já regressou aos Estados Unidos o jornalista americano que foi libertado no domingo à noite, na Síria. Peter Theo Curtis foi raptado, há dois anos, pela Frente al-Nusra, o braço sírio da Al-Qaeda. O também escritor de 45 anos, cujo sequestro era mantido em segredo por Washington, foi entregue aos capacetes azuis da ONU, nos Monte Golã, tendo já chegado a Boston, a sua cidade natal. Tudo isto acontece escassos dias após o mundo conhecer as imagens da execução de James Foley.

A mãe de Curtis revela que a primeira coisa que fez depois da libertação foi enviar um mail à mãe de Foley, com quem tem mantido contacto, por não querer que ela soubesse da notícia pelos media, e sublinhou a vontade de abraçar o seu filho.