Última hora

Última hora

Kiev: Manifestantes pedem mais "armamento pesado" para os militares que combatem os separatistas

Em leitura:

Kiev: Manifestantes pedem mais "armamento pesado" para os militares que combatem os separatistas

Tamanho do texto Aa Aa

“Saiam dos gabinetes e vão para a frente (de batalha) “ foi a frase mais repetida pelos cerca de 500 ucranianos que se concentraram, esta quinta-feira, junto ao ministério da Defesa, em Kiev, para exigir o reforço do apoio aos militares que combatem os separatistas pró-russos no leste e no sul da Ucrânia.

Uma manifestante afirmou que “não podemos permitir a morte das forças patrióticas que estão cercadas” e prometeu não arredar pé até ter garantias que os militares ucranianos já receberam “armamento pesado”.

O protesto em apoio aos soldados ucranianos contou com a presença de ultranacionalistas do Sector Direito.

A escalada da violência a leste, onde os separatistas já confessaram que têm pelo menos 3 mil militares russos nas suas fileiras, deixou a Ucrânia à beira de uma guerra aberta com a Rússia.