Última hora

Última hora

Líder do Hamas no exílio recusa entregar as armas

Em leitura:

Líder do Hamas no exílio recusa entregar as armas

Tamanho do texto Aa Aa

“As armas da resistência são sagradas.” Palavras do líder do movimento palestiniano Hamas, no exílio, que rejeita a hipótese de entregar as armas dos combatentes em Gaza tal como exige o Estado Hebraico.

A condição imposta por Israel com vista a um acordo de paz duradouro promete dominar as negociações indiretas agendadas para setembro no Cairo. Mas não é a única, do lado do Hamas, a entrada de ajuda humanitária em Gaza é para já a única resposta ao levantamento do bloqueio pedido pelo movimento palestiniano.

A abertura permanente do posto de Rafah sob controlo da Autoridade Palestiniana mais não é para já do que uma possibilidade.

Mediado pelo Egito, o acordo de cessar-fogo alcançado esta semana permitiu por fim a 50 dias de guerra, mas muitas exigências continuam sem resposta como, por exemplo, libertação dos prisioneiros.