Última hora

Última hora

OMS: Ébola pode infetar mais de 20 mil pessoas

Em leitura:

OMS: Ébola pode infetar mais de 20 mil pessoas

Tamanho do texto Aa Aa

Confrontada com o potencial devastador do ébola, a Organização Mundial de Saúde (OMS) alerta que o número de casos de febre hemorrágica do vírus poderá ultrapassar os 20 mil.

Considerando que o surto pode alastrar de quatro para uma dezena de países afetados, esta quinta-feira, a OMS anunciou um plano estratégico de mais de 370 milhões de euros para combater a epidemia ao longo dos próximos nove meses.

“As proibições de viajar e de comércio, entre outras, não vão deter o vírus. De forma alguma. Na verdade, é mais provável que se comprometa a capacidade de resposta, que se aumente a doença, com mais pessoas a tentarem mover-se. Vão criar-se mais problemas. Restringir as viagens é uma estratégia de auto-destruição. Não é esse o problema”, alertou Bruce Aylward, da Organização Mundial de Saúde.

O ministro nigeriano da saúde confirmou, entretanto, a morte de um médico na cidade petrolífera de Port Harcourt.

A atual epidemia iniciou-se no Sul da Guiné-Conacri e espalhou-se para a Libéria, a Serra Leoa e depois para a Nigéria.

Desde o início do surto, que afeta a África Ocidental, já adoeceram 3069 pessoas e já morreram 1552, de acordo com a atualização desta quinta-feira da OMS e que contabiliza casos até 26 de agosto.

As esperanças repousam agora numa vacina que está a ser testada em contrarrelógio.