Última hora

Em leitura:

Reino Unido: Abuso sexual de menores abala o país


Reino Unido

Reino Unido: Abuso sexual de menores abala o país

As autoridades policiais e os serviços de proteção de menores de Rotherham, no sul de Yorkshire, estão sob crescente pressão após a divulgação de um relatório sobre abusos sexuais sofridos por 1.400 menores, durante 16 anos, naquela cidade do norte de Inglaterra.

O comissário Shaun Wright recusa demitir-se.

“Tudo o que podemos fazer – eu, todos os partidos e creio que a maioria das pessoas – é dizer-lhe que seja decente e que por favor se afaste porque tem de assumir a responsabilidade.
Depois, sob a liderança da polícia de South Yorkshire há que perseguir os responsáveis pelos crimes, porque os autores dos abusos ainda estão em liberdade”, afirmou Nick Clegg, vice primeiro-ministro.

O documento foi elaborado depois de cinco homens de origem paquistanesa terem sido presos em 2010 por exploração sexual de raparigas, tendo sido assinaladas múltiplas falhas da polícia, autoridades municipais e das agências de proteção de menores.

Entre 2005 e 2010, Shaun Wright esteve à frente dos serviços de proteção de menores da cidade.

O relatório detalha abusos atribuídos a redes de exploração sexual com origem no Paquistão, também presentes noutras localidades do norte de Inglaterra.

“Creio que por o agressor ser asiático, não quiseram originar um confronto entre comunidades”, disse uma das vítimas.

Segundo Alexis Jay, antiga trabalhadora social e autora do relatório, pelo menos um terço dos abusos era do conhecimento das comissões de proteção de menores.
Os abusos foram cometidos entre 1997 e 2013.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Paquistão: 24 horas para encontrar solução para crise