Última hora

Última hora

Ucrânia: Familiares dos militares russos, alegadamente, capturados pedem informações

Em leitura:

Ucrânia: Familiares dos militares russos, alegadamente, capturados pedem informações

Tamanho do texto Aa Aa

As famílias dos 10 paraquedistas russos, que terão sido capturados pelas forças ucranianas, no início da semana, querem que as autoridades militares lhes forneçam informações sobre o paradeiro e situação dos seus familiares. Mães e mulheres estranham não ter quaisquer notícias:

“Eles anotaram os nossos números de telefone. Supostamente, se tivessem alguma informação, eles ligavam-nos. Mas ninguém nos liga. Nenhuma das mulheres tem informações. Nós ligámos uma vez para a base militar, ontem à noite, e disseram-nos que ninguém tinha voltado”, explica Valeria Sokolova, mulher de um dos soldados.

Numa tentativa de encontrar soluções estas mulheres pediram ajuda ao Conselho de Mães de Soldados, da cidade de Kostroma, a norte de Moscovo:

“As mães, esposas e parentes dos rapazes que foram capturados no território da Ucrânia, pediram-me ajuda, porque sou a responsável pelo Conselho de Mães de Soldados na região de Kostroma.

Peço ao presidente do nosso país e ao ministro da Defesa para nos ajudar a tirá-los do cativeiro e trazê-los vivos até nós”, diz Lyudmila Khokhlova.

As agências de notícias russas citam um funcionário não identificado, do Ministério da Defesa russo, que diz que os soldados estavam a patrulhar a fronteira e tê-la-ão cruzado, provavelmente, inadvertidamente.