Última hora

Última hora

Rússia e Ucrânia trocam prisioneiros

Em leitura:

Rússia e Ucrânia trocam prisioneiros

Tamanho do texto Aa Aa

Os paraquedistas russos que tinham sido detidos na Ucrânia já estão de regresso à Rússia, depois de um acordo de troca de prisioneiros.

O grupo de paraquedistas tinha sido capturado em território ucraniano no início desta semana. A versão oficial das forças armadas russas é que os homens tinham atravessado a fronteira por acidente.

“As negociações foram difíceis, mas felizmente o bom-senso prevaleceu. O mais importante é que os nossos rapazes estão de volta. Quero frisar que nunca abandonamos os nossos. Foi necessário tomar medidas para que estas negociações pudessem prosseguir e pudéssemos trazer os nossos de volta. Eles estão stressados, naturalmente, e precisam de apoio médico e psicológico”, disse o major-general Alexei Ragozin, vice-comandante das tropas aerotransportadas.

Em troca dos dez paraquedistas, a Rússia entregou 63 soldados ucranianos que tinham entrado na Rússia para fugir aos confrontos.

A Rússia alega que foi por engano que o grupo atravessou a fronteira com a Ucrânia. Dois foram mortos e dez ficaram feridos na troca de tiros que se seguiu.