Última hora

Última hora

Implante de vértebra feita com impressora 3D

Em leitura:

Implante de vértebra feita com impressora 3D

Tamanho do texto Aa Aa

Médicos chineses realizaram o primeiro implante de vértebra feita com uma impressora 3D.

A cirurgia durou cinco horas e decorreu na Universidade de Pequim.

Os médicos operaram uma criança de 12 anos que tinha um tumor maligno na medula espinhal.

A equipa optou por retirar uma vértebra para evitar que o tumor se espalhasse pelo resto do corpo. Mas, em vez da vértebra original, colocou uma réplica criada através da impressão 3D.

“Para fazer uma vértebra artificial por impressão 3D, podemos recorrer a exames, feitos em pacientes, como a tomografia, e convertê-los em dados para impressão 3D. Obtemos uma fixação interna com a mesma estrutura óssea da do paciente. A fixação corresponde perfeitamente à estrutura anatómica da pessoa”, explicou Liu Z. Hongjun, diretor do departamento ortopédico do Hospital de Pequim.

O implante é feito com pó de titânio, como é hábito neste tipo de prótese. A grande diferença em relação aos implantes tradicionais é o facto de não ser preciso usar parafusos ou um material de fixação.

Os médicos do Hospital Universitário de Pequim já tinham usado um implante 3D para substituir os discos intervertebrais noutro doente.

“A forma anatómica da vértebra feita numa impressora 3D copia a estrutura de uma vértebra normal. Pode ser ligada ao nível superior e inferior da espinha dorsal. Melhora também a área funcional que se encontra fixada na massa lateral do atlas, o que melhora imenso a estabilidade e permite ao paciente movimentar-se logo após a cirurgia. Além disso, a operação fica mais segura”, disse o médico.

Depois da operação, o rapaz de 12 anos vai ficar em observação durante três meses e será submetido a quimioterapia para erradicar eventuais células cancerígenas.