Última hora

Última hora

Estado Islâmico obrigado a recuar no Iraque

Em leitura:

Estado Islâmico obrigado a recuar no Iraque

Tamanho do texto Aa Aa

As forças iraquianas assumiram, esta terça-feira, o controlo parcial de uma importante autoestrada que liga Bagdade ao norte do Iraque.

O exército, apoiado por combatentes curdos e por milícias xiitas tem vindo a ganhar terreno aos fundamentalistas do Estado Islâmico.

Este domingo, com a ajuda dos Estados Unidos, puseram fim ao cerco à cidade turcomana de Amerli onde cerca de 15 mil habitantes esperavam há dois meses por comida e água.

No início da semana, as forças iraquianas recuperaram a cidade de Souleimane Bek e uma aldeia próxima de Yankaja.

Até ao momento, foram identificados doze extremistas de origem portuguesa a combater na Síria e no Iraque. Homens e mulheres descendentes de famílias emigrantes que foram recrutados nos países onde viviam como, por exemplo, Grã-Bretanha, França e o Luxemburgo.