Última hora

Última hora

Liga Portuguesa: Porto aproveita empate entre Benfica e Sporting mas o líder é outro

Em leitura:

Liga Portuguesa: Porto aproveita empate entre Benfica e Sporting mas o líder é outro

Tamanho do texto Aa Aa

Três jogos, três vitórias. Já só há três equipas que podem gabar-se de um percurso imaculado na Liga Portuguesa. E se o FC Porto já é presença habitual nestas andanças, Vitória de Guimarães e Rio Ave nem por isso.

Depois de terem garantido um lugar na fase de grupos da Liga Europa pela primeira vez na sua história, os vila-condenses não sentiram grandes problemas para levar de vencida o Boavista por 4-0 no encontro que fechou a terceira jornada.

A equipa de Pedro Martins entrou na temporada a todo o gás e apresenta um registo impressionante de onze golos marcados. O Boavista encontra-se a zero, quer a nível de pontos, quer de golos, confirmando o que já se esperava: os axadrezados vão sentir muitas dificuldades nesta Liga.

Já a equipa de Rui Vitória apresenta-se com nove golos apontados e apenas um sofrido mas mais impressionante que o seu registo estatístico foi a forma categórica como se impôs no Estádio do Restelo.

Mesmo reduzida a dez desde os 21 minutos, por expulsão de Nii Plange, a equipa vimaranense não sentiu dificuldades para levar de vencida o Belenenses por três golos sem resposta. Uma vitória « Made in Portugal », André André, Tomané e Alex foram os autores dos golos que levaram ao rubro os adeptos que fizeram a viagem até Belém.

No Estádio do Dragão, FC Porto e Moreirense chegaram ao intervalo empatados a zero pelo que os 35 508 espetadores presentes tiveram de esperar pelo segundo tempo para fazerem a festa do golo.

Jackson Martínez bisou e tranquilizou os adeptos ao garantir que irá continuar de dragão ao peito mas nem tudo foram rosas. Óliver Torres, que abriu o ativo, lesionou-se após um choque com Marafona no lance que até acabou por dar o 2-0 para os portistas.

O médio de 19 anos, se tem revelado peça fundamental no conjunto de Julen Lopetegui, sofreu uma luxação no ombro direito e é carta fora do baralho para o técnico espanhol nas próximas semanas.


Benfica e Sporting dividiram os pontos no Estádio da Luz num encontro que pode ser esmiuçado aqui.

http://pt.euronews.com/2014/09/01/liga-portuguesa-benfica-e-sporting-dividem-pontos-e-bode-expiatorio/

Em Braga, a equipa de Sérgio Conceição mostrou estar preparada para voltar aos lugares cimeiros depois de uma temporada para esquecer e levou de vencida o Estoril por 2-1. Pedro Santos e Éder foram os autores dos golos arsenalistas, ambos com nota artística elevada.

Pelo meio, Emídio Rafael tinha recolocado a igualdade no marcador na marcação de um livre direto.
Um dos melhores jogadores em campo foi Pedro Tiba, que justificou plenamente a primeira chamada à seleção nacional. O médio esteve em grande nível, agradecendo aos adeptos dentro das quatro linhas depois de já o ter feito nas redes sociais.

A derrota em Braga agravou a crise do Estoril. Depois de dois anos a superar as expectativas sob o comando de Marco Silva, a equipa canarinha tarda em encontrar o caminho dos bons resultados sob o comando de José Couceiro. Soma apenas um ponto em nove possíveis e apresenta a pior defesa do campeonato.

Talvez ainda seja cedo para falar em crise, mas em Barcelos três jornadas foram suficientes para decidir o destino de João de Deus. Três derrotas em três jogos e a primeira chicotada psicológica da Liga.

A gota de água foi a derrota em casa frente ao Marítimo por 2-1, num jogo onde os gilistas até chegaram em descanso em vantagem. Nos madeirenses, destaque para Maazou, que parece disposto a provar um ponto depois de ter sido dispensado do Vitória de Guimarães.

Para já leva dois golos apontados em três jogos, apenas ficou em branco no Estádio do Dragão.

A outra equipa madeirense conquistou os primeiros pontos nesta Liga ao derrotar o Arouca com golos de Rondón e Suk. Manuel Machado pode assim respirar tranquilo depois de uma semana em que os alvinegros foram afastados da Liga Europa pelo Dínamo Minsk.


Académica e Vitória de Setúbal procuram ambas um lugar a meio da tabela e para já não defraudaram as expectativas. No jogo que abriu a jornada, na sexta-feira à beira Mondego, empataram a uma bola.

Num duelo entre vizinhos, o Paços de Ferreira venceu em Penafiel graças a um tento solitário de Cícero. Os penafidelenses continuam sem pontuar. O Paços de Ferreira conseguiu os primeiros pontos depois de um início de temporada infernal em que jogou com Benfica e Porto nas duas primeiras jornadas.”