Última hora

Última hora

Maradona sem "mão de Deus" no "Jogo pela Paz" do Papa Francisco

Em leitura:

Maradona sem "mão de Deus" no "Jogo pela Paz" do Papa Francisco

Tamanho do texto Aa Aa

O Papa Francisco recebeu no Vaticano antigas e atuais estrelas do futebol mundial antes do “Jogo inter-religioso pela Paz”, uma iniciativa apadrinhada pelo Sumo Pontífice, que reuniu campeões de diferentes latitudes e religiões.

Maradona ofereceu a Francisco uma camisola com o número 10 da seleção argentina. Depois, o antigo astro do futebol entrou no Estádio Olímpico de Roma para defender as cores da “Scholas”, uma rede mundial de escolas. Este projeto foi lançado pelo Papa para promover a inclusão social e a “cultura do encontro” através da arte, da tecnologia, do desporto e da educação.

Apesar dos 53 anos, Maradona jogou os 90 minutos frente à equipa da Fundação Pupi, uma associação de caridade dirigida por Javier Zanetti, antiga estrela do Inter de Milão.

O Papa não assistiu ao jogo. Os amigos de Zanetti acabaram por vencer o encontro por 6-3. As receitas da partida revertem para as duas organizações.