Última hora

Última hora

O mistério dos peixes mortos no México

Em leitura:

O mistério dos peixes mortos no México

Tamanho do texto Aa Aa

Os pescadores do lago de Cajititlán, no México, afirmam ter retirado das águas 45 a 50 toneladas de peixe morto nos últimos dias, um valor pelo menos 10 vezes superior ao número avançado pelas autoridades sanitárias.

Foi aberta uma investigação para apurar se esta catástrofe ambiental teve na sua origem causas naturais ou uma contaminação do lago, que fica cerca de 40 km a sul de Guadalajara.

Para o líder da cooperativa de pescadores locais, as “provas realçam que a poluição no lago está a avançar seriamente e (…) as autoridades deviam atuar”.

Pescadores e agricultores estão convencidos que a poluição tem origem nas águas residuais e nos detritos industriais que são libertados no lago.

As autoridades ambientais consideram que a mortandade é provocada pela falta de oxigenação da água e pelas chuvas que arrastam fertilizantes para os afluentes do lago.

Este ano, já é a quarta vez que uma enorme quantidade de peixes mortos aparece na região.