Última hora

Última hora

Defesa das mulheres violadas vale Astúrias da Concórdia a jornalista congolesa

Em leitura:

Defesa das mulheres violadas vale Astúrias da Concórdia a jornalista congolesa

Tamanho do texto Aa Aa

A jornalista congolesa Caddy Adzuba é a vencedora do Prémio Princípe das Astúrias para a Concórdia 2014. O anúncio foi feito, esta quarta-feira, na cidade espanhola de Oviedo, pelo presidente do júri, Javier Fernández Fernández, que é também presidente do governo regional do Principado das Astúrias.

Javier Fernández Fernández explicou que, para o júri, Caddy Adzuba simboliza “a luta pacifica contra a violência, que afeta as mulheres, a pobreza e a discriminação, através de um trabalho perigoso e generoso.”

Caddy Adzuba é jornalista na Radio Okapi – emissora da Missão de Estabilização das Nações Unidas na República Democrática do Congo, uma rádio que, desde 2002 emite em todo o país.

Adzuba tem recebido ameaças de morte e já sofreu duas tentativas de assassinato. Esta atualmente, sob proteção da ONU. Isto porque, enquanto jornalista, denuncia a tortura e violência sexual sofridas pelas mulheres e pelas raparigas do seu país – em guerra desde 1996.

Promove igualmente a sua reinserção numa sociedade que as repudia pelo que sofreram.

É uma grande ativista pela aplicação das resoluções 1325 e 1848 da ONU, que condenam expressamente as violações de mulheres, meninos e meninas em situações de conflito armada.

A Concórdia é a última das oito categorias premiadas pela Fundação Princípe das Astúrias, criada em 1980. Segundo os estatutos, trata-se de um prémio que deve ser atribuído em função da relevância do trabalho de uma pessoa ou instituição em prol “da defesa dos direitos humanos, da paz, da liberdade, da solidariedade, da proteção do património e, em geral, do progresso da Humanidade.”

Já se conheciam os vencedores das outras categorias – que são Comunicação e Humanidades, Artes, Letras, Ciências Sociais, Investigação Científica e Técnica, Cooperação Internacional e Desporto.

Caddy Adzuba e os laureados nas restantes sete categorias terão direito a uma cerimónia oficial de entrega dos Prémios Princíipe das Astúrias em outubro próximo.