Última hora

Em leitura:

Vuelta 2014: Nairo Quintana diz adeus ao sonho, Valverde mais próximo de Contador


Desporto

Vuelta 2014: Nairo Quintana diz adeus ao sonho, Valverde mais próximo de Contador

Nairo Quintana sofreu a segunda queda em dois dias e está fora da Volta a Espanha. O colombiano, que era apontado como um dos favoritos à vitória e até liderava antes da queda no contrarrelógio, fraturou a omoplata direita e será operado esta quinta-feira.

A décima primeira etapa terminou com a temível subida a San Miguel de Aralar e se Alberto Contador até teve um dia tranquilo, onde a sua liderança nunca esteve em causa, Chris Froome passou por algumas dificuldades mas conseguiu chegar no grupo principal.

O grande herói foi Fabio Aru, que desferiu o ataque decisivo a pouco mais de um quilómetro da chegada. O italiano impôs um ritmo demolidor que ninguém conseguiu seguir e cruzou a linha da meta com uma vantagem de seis segundos sobre Alejandro Valverde.

O espanhol aproveitou a bonificação para se aproximar de Contador e está agora a 20 segundos da liderança.

André Cardoso regressou à 23ª posição e continua a ser o melhor português, Sérgio Paulinho também subiu na geral e é agora 63º.

Classificação geral
1. Alberto Contador (Tinkoff-Saxo) 40:26:56
2. Alejandro Valverde (Movistar) +20”
3. Rigoberto Urán (Omega Pharma-Quick-Step) +1:08”
4. Christopher Froome (Sky) +1:20”
5. Joaquim Rodríguez (Katusha) +1:35”
6. Samuel Sánchez (BMC) +1:52”
7. Fabio Aru (Astana) +2:13”
8. Winner Anacona (Lampre-Merida) +2:22”
9. Robert Gesink (Belkin) +2:55”
10. Damiano Caruso (Cannondale) +3:51”

23. André Cardoso (Garmin Sharp) +12:31”
63. Sérgio Paulinho (Tinkoff-Saxo) +47:36”

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

Desporto

Fernando Torres e Álvaro Negredo: duas apresentações, duas formas de marcar golos