Última hora

Última hora

Derrame de petróleo pode custar mais $18.000.000.000 à BP

Em leitura:

Derrame de petróleo pode custar mais $18.000.000.000 à BP

Tamanho do texto Aa Aa

O acidente na plataforma Deepwater Horizon, no Golfo do México, em abril de 2010, pode vir a custar à BP mais 18.000 milhões de dólares, perto de 14.000 milhões de euros.

A petrolífera britânica foi considerada culpada de “negligência grave” no pior derrame de petróleo da História dos Estados Unidos da América. O montante da multa ainda não foi estabelecido, mas a BP já informou que irá recorrer da decisão.

Para o procurador-geral dos Estados Unidos, “este caso (…) é mais um passo significativo nos esforços contínuos do Departamento de Justiça para conseguir justiça neste desastre”. Eric Holder está confiante que a decisão “irá ser um forte elemento dissuasor para quem esteja tentado a sacrificar a segurança e o ambiente em busca de lucro”.

O tribunal de Nova Orleães, no Louisiana, também considerou que a “conduta da BP foi irresponsável” e sugeriu que a explosão, que matou 11 funcionários, podia ter sido evitada.

O processo cível deve ser retomado no início de 2015 para determinar quanto petróleo foi derramado. Quase 5 milhões de barris, segundo a acusação.

A maré negra já custou à BP mais de 20.000 milhões de euros entre indemnizações e operações de limpeza.