Última hora

Última hora

EUA anunciam criação de coligação contra o Estado Islâmico

Em leitura:

EUA anunciam criação de coligação contra o Estado Islâmico

Tamanho do texto Aa Aa

Travar a ameaça dos extremistas do “Estado Islâmico” (EI) é uma prioridade, por isso os Estados Unidos anunciaram a criação do “núcleo da coligação” internacional para lutar contra os jihadistas no Iraque. Mas para já não está previsto qualquer envio de tropas ocidentais para o terreno.

O presidente norte-americano aproveitou a a cimeira da NATO para reunir aliados dispostos a assumir um papel mais activo na luta contra o grupo ultra-radical que controla uma faixa de território entre o Leste da Síria e o Norte do Iraque.
No final da Cimeira, que decorreu no País de Gales, Obama garantiu que “todos concordaram que temos um papel importante na luta contra a organização selvagem que está a provocar o caos na região. Estamos convencidos de que temos de agir, como parte da comunidade internacional, no sentido de travar e, em último caso, destruir o “Estado Islâmico”.

Até agora apenas os Estados Unidos estão oficialmente envolvidos nas operações militares contra os jihadistas: foram realizados mais de 130 ataques aéreos que permitiram às milícias curdas e ao Exército de Bagdad reconquistar algum do território que tinham perdido.