Última hora

Última hora

EUA: Mais de 100 trabalhadores de restaurantes "fast food" detidos em protestos

Em leitura:

EUA: Mais de 100 trabalhadores de restaurantes "fast food" detidos em protestos

Tamanho do texto Aa Aa

Mais de 100 trabalhadores de cadeias de restaurantes de “fast food” foram detidos esta quinta-feira em várias cidades dos Estados Unidos. Foram presos durante as manifestações que ocorreram um pouco por todo o país para exigir um aumento salarial e a possibilidade de se sindicalizar.

Só em Nova Iorque ocorreram 19 detenções na Times Square…na maioria dos casos por desobediência, uma vez que alguns manifestantes se sentaram na rua, interrompendo o trânsito junto a um restaurante da rede McDonald’s.

As mobilizações e greves ocorreram em mais de 150 cidades dos Estados Unidos, entre elas Chicago e Detroit (norte), Miami (sudeste), Denver (oeste) e Los Angeles (oeste).

A questão do aumento do salário mínimo está na ordem do dia, nos Estados Unidos da América. Na segunda-feira, 1 de setembro, o presidente, Barack Obama, voltou a defender o aumento do salário mínimo nacional dos 7,25 dólares por hora, para 10,10 dólares, o equivalente a 7,68 euros.

A discussão da medida tem encontrado obstáculos na Câmara dos Representantes, dominada pelos republicanos. O partido da oposição defende que isso pode levar ao aumento do preço dos produtos e, por consequência, ao aumento do desemprego. Obama espera inserir o tema na campanha para as eleições de meio mandato, em novembro deste ano, altura em que os democratas podem reaver a maioria no Congresso.