Última hora

Última hora

Mercado do trabalho desacelera nos Estados Unidos

Em leitura:

Mercado do trabalho desacelera nos Estados Unidos

Tamanho do texto Aa Aa

Dados dececionantes do mercado do trabalho nos Estados Unidos.

Em agosto foram criados apenas 142 mil novos postos de trabalho não agrícolas. É a subida mais baixa desde dezembro de 2013.

Mesmo assim, a taxa de desemprego recuou uma décima para 6,1%, com muitos norte-americanos a abandonarem a procura de trabalho. A taxa de pessoas ativas recuou face a julho.

Os números ficaram muito aquém das previsões dos economistas, que previam um aumento de 225 mil novos empregos, tendo em conta os indicadores publicados nas últimas semanas.

O Departamento do Trabalho acabou também por rever em baixa os números de junho e julho, contabilizando menos 28 mil empregos.

Os dados de agosto reforçam o discurso de prudência da Reserva Federal. A equipa de Janet Yellen está preocupada com a trajetória dos salários.

A FED reúne-se a 16 e 17 de setembro e não se esperam mudanças. A taxa de referência está perto de zero desde 2008 e os analistas só esperam uma subida em meados do próximo ano.