Última hora

Última hora

O perfume de Alicia Keys e a tournée do francês Patrick Bruel

Em leitura:

O perfume de Alicia Keys e a tournée do francês Patrick Bruel

Tamanho do texto Aa Aa

Tudo parece correr sobre rodas para Alicia Keys.
Em termos privados, a cantora, de 33 anos, está novamente grávida. O segundo filho do casal – Alicia e o produtor-rapper Swizz Beats – é esperado em dezembro.
Profissionalmente, o último disco – ‘Girl on Fire’ – valeu-lhe um Grammy do melhor album R&B.

E Alicia Keys lançou-se agora também na perfumaria com uma nova fragrância de Givenchy – Dahlia Divin -, uma ideia que lhe cheirou bem: “Adorei. Porque penso que os cheiros são muito parecidos com a música. São a outra coisa, para além da música, que nos traz memórias longínquas. Traz-nos essas memórias de maneira celular. Nunca nos esquecemos do que sentimos ou que se passava na nossa vida… São duas coisas muito próximas e agrada-me a ideia de criar memórias nas pessoas, de todas as maneiras possíveis.”

A cantora sente-se muito mais confiante, enquanto mulher, desde que é mãe, e não o esconde: “Eu não tinha muita confiança em mim antes de ser mãe. Foi aí que reconheci o poder da mulher, a verdadeira força da mulher, a sua infinitude – gosto de dizer a ausência de limites, como se, para nós, não houvesse limites, não houvesse fronteiras ou algo que nos retenha. Eu não tinha percebido isso antes de ser mãe e agora que vou ser mãe pela segunda vez é ainda melhor, porque me sinto muito mais calma.”

Mas a rapariga não para: já está a trabalhar num sexto álbum, a lançar no final deste ano ou em 2015.

Um francês em Londres

Também no mundo da música, notícias de Patrick Bruel. O cantor francês é uma verdadeira vedeta, no seu país. Com 55 anos de idade e 30 de carreira, Patrick Bruel vendeu mais de 14 milhões de álbuns e participou em meia centena de filmes.

Agora, lança-se à conquista de Inglaterra e vai cantar no famoso Albert Hall, em Londres. Que os ingleses não conheçam as suas canções é algo que não o intimida: “Os ingleses que venham ao espetáculo podem ser seduzidos pelas canções francesas, pela energia. O que a música tem de extraordinário é que ela pode transmitir algo forte mesmo sem percebermos a letra. A maioria das pessoas também não percebe a letra das canções em inglês. Podemos entoar a música e cantarolar uma ou outra frase e nunca perceber o sentido. O que se liberta é a musicalidade.”

A tournée dos 30 anos de carreira de Ptrick Bruel terminará em outubro, com uma série de concertos nos Estados Unidos.