Última hora

Última hora

Ataque terrorista em Santiago do Chile não faz mortos

Em leitura:

Ataque terrorista em Santiago do Chile não faz mortos

Tamanho do texto Aa Aa

Uma bomba explodiu, esta segunda-feira, num bairro da capital chilena, Santiago do Chile. A polícia procura dois homens, que terão colocado a bomba, e fugido num Chevrolet. O governo do Chile já confirmou que se tratou de um ataque terrorista, mas não houve reivindicação até ao momento.

A explosão ocorreu à hora do almoço, num restaurante de fast-food, próximo de uma estação de metro, ferindo oito pessoas, algumas estão em estado grave:

“Há diferentes tipos de ferimentos. Muitos deles relacionados com perdas auditivas mas há três pessoas que ficaram em piores condições, algumas com fraturas expostas e uma perdeu os dedos”, explicou Ivo Zuvic Garcia, comandante dos bombeiros locais.

O executivo já invocou as leis antiterrorismo, que dão aos promotores públicos mais poderes e permitem sentenças mais duras:

“Este grave episódio exige, do país, uma resposta forte e a aplicação das mais sérias sanções”, afirmou Rodrigo Peñailillo, ministro do Interior.

Desde 1973, ano em que Salvador Allende foi destituído, por um golpe militar, que a sociedade chilena se encontra dividida. Esta semana comemora-se o 41º aniversário deste golpe. Um período, tradicionalmente, marcado por protestos, muitas vezes violentos.